Arquivos de tag para 'Jogos'

Club Nintendo começa a distribuir jogos gratuitos para download

Pense quantas vezes você já viu aquela mensagem de “deseja registrar seu jogo?”. E em quantas delas você registrou? Provavelmente, como eu, 99% das pessoas devem selecionar a opção “nunca registrar”. Isso porque a gente não via muito sentido em registrar um jogo, afinal de contas, em que aquilo nos beneficiaria?

Continuar lendo ‘Club Nintendo começa a distribuir jogos gratuitos para download’

Festa para os saudosistas dos games em Porto Alegre

Vai rolar a 3ª edição da festa “A VINGANÇA DOS NERDS“. Uma festa que rola com a mistura de música boa, bebida e os melhores games da história! A festa rola nesse sábado dia 18/06/2011 (sim amanhã mesmo) e não tem como perder. Eu vou tentar ao máximo fazer uma cobertura dessa festa, se não for eu vai o @dedesatriani então!

Dá uma conferida abaixo no release que foi divulgado no Facebook, e aproveita para interagir com a galera que vai lá!

Continuar lendo ‘Festa para os saudosistas dos games em Porto Alegre’

Jogos no Brasil por até R$ 99,90

Resolvi fazer esse post para divulgar alguns jogos que estão com o preço que considero “aceitável” para o Brasil. Todos os jogos estão aqui, então não tem frescura de imposto e nada, basta comprar e esperar chegar, todos com frete grátis.

Continuar lendo ‘Jogos no Brasil por até R$ 99,90′

Sony NGP em ação!

Rapidinha só para mostrar o vídeo que saiu mostrando um pouco dos jogos e da jogabilidade do NGP (Next Generation Portable), o novo portátil da Sony[bb].

Abaixo a lista dos jogos presentes no vídeo!

Continuar lendo ‘Sony NGP em ação!’

Campanha imposto justo para video games

Aqueles que estão cansados de pagar cada vez mais impostos nos games, ou até mesmo os que querem largar essa vida ingrata dos jogos piratas e utilizarem o mundo maravilhoso dos jogos legalizados com conteúdos incríveis e jogatinas online.

Foi lançada uma campanha com o objetivo de divulgar um projeto de lei lançado em 2007 pelo então Deputado Carlito Merrs (PT-SC), que atualmente é o prefeito de Joinville. Enfim, o projeto quer estender ao jogos de videogames (consoles, portáteis, etc.) e computadores benefício já aplicado a parte de informática. Mais detalhes vocês podem ter lendo a proposta aqui.

Basta acessar o link http://www.impostojustoparavideogames.com.br/ e assinar para aderir a campanha.

O caso aqui no Rio Grande do Sul é um dos piores, pois chegamos a pagar até absurdos 72% na importação de jogos. Um valor completamente absurdo considerando que é um lazer e uma indústria que só cresce cada vez mais.

Para quem quer acompanhar o andamento do projeto pode acessar esse link da Câmara dos Deputados, para ver como está. É possível também fazer o cadastramento e receber notificações por email quando ocorrer alguma alteração.

Olhando bem isso podemos ver que o projeto está parado desde 7/8/2008 com a Comissão de Finanças e Tributação (CTF), e o Relator designado é o Deputado Antonio Palocci (PT-SP). Não sei se ainda permanece com ele, pois tudo que é tratado fora da casa não aparece no sistema, mas pelo menos já se tem uma idéia de quem podemos cobrar também.

Lembrando que em 17/10/2007 o projeto foi aprovado por unanimidade pela Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI).

Pois então pessoal, eu não sei quanto a vocês, mas para mim é de extremo interesse esse projeto para termos um melhor acesso, concorrência, etc. Enfim um real crescimento do mercado de games no Brasil onde todos tem a ganhar. Desenvolvedores, fabricantes, varejistas e usuários é claro!

Então não fica aí de braço cruzado, além de aderir a campanha divulgue também ela no twitter, facebook, orkut e tudo quanto é lugar. Claro que sem fazer nenhum tipo de SPAM por favor, mas mostrem para a galera.

Ahhhhh e também como eu falei, se precisarem cobrar de alguma alguma resposta ou resultado já sabem o Deputado não é? Na página dele na Câmara tem os links e emails de contato.

Jogos em smartphones com Android rolam bem!

Essa curta e rápida para mostrar um vídeo que o pessoal do Gizmodo publicou.

Eu estou escolhendo um smartphone para mim e não to muito preocupado com games nessa hora, afinal tenho PSP para isso, mas a questão é que eu to entre o novo celular da Google (o Nexus One que ainda não chegou oficialmente ao Brasil) e o Motorola Milestone (chamado de Droid na Europa, Ásia e Canadá).

Continuar lendo ‘Jogos em smartphones com Android rolam bem!’

Que tal ganhar jogos e brindes do Guri de Apê?

EddieMetalÉ isso mesmo, não está escrito errado não. Querem ganhar jogos e brindes do Guri de Apê?

Não to falando do futuro lançamento, o game em homenagem ao site (que não tem título definido ainda) hahahaha. To falando de jogos atuais, grandes clássicos, brindes e gadgets relacionados a games.

Continuar lendo ‘Que tal ganhar jogos e brindes do Guri de Apê?’

Synergex e Sony DADC assinam produção de jogos no Brasil

EddieMetalÉ isso mesmo, a Sony DADC Brasil que é especializada na fabricação e produção de CD’s e DVD’s, e a Synergex fecharam um acordo para a produção de jogos para PlayStation.

David Aiello que é o presidente-executivo da Synergex falou que espera uma redução de 30% a 35% no preço dos jogos aqui no Brasil. Atualmente os jogos são importados dos Estados Unidos e pode chegar a 92% de tributação (o que é um absurdo).

Nenhum jogo foi citado, mas podemos esperar grandes títulos pois a Synergex distribui títulos de 20 companhias como Konami, Capcom e Ubisoft.

Na E3 a Sony já havia anunciado que vai distribuir oficialmente toda a linha PlayStation que inclui PSP, PS2 e PS3 no Brasil até o final do ano. Nesse momento ela também falou que a produção de jogos no Brasil diminuiria o preço entre 20% e 30%.

No abril, a Sony DADC Brasil também já tinha anunciado a produção de jogos para PlayStation 2 aqui. Os jogos de PlayStation 3 e PSP seriam parcialmente produzidos (somente as embalagens e os manuais dos jogos), a mídia continuaria a ser importada. Nesse momento já se falava em uma redução de até 25% nos preços. Também em abril, a Warner Home Entertainment já havia acertado uma parceria para produção e distribuição de discos no Brasil. Os primeiros jogos produzidos no Brasil foram entregues a distribuidora Videolar no final de junho.

Em 2008 o mercado brasileiro de games movimentou R$ 87,5 milhões, de acordo com a Abragames (Associação Brasileira das Desenvolvedoras de Jogos Eletrônicos). Já a Synergex que é uma empresa canadense, o mercado brasileiro já representa a metade dos US$ 11,8 milhões que a companhia faturou na América Latina durante o primeiro trimestre do ano. A empresa já está no mercado brasileiro desde 2006. Porém com todos esses números a indústria nacional representa apenas 0,16% do total mundial.

Enfim, a questão é esperar, eu realmente acredito que a produção e distribuição no Brasil é a melhor forma de combater a pirataria. Se mesmo com os valores altos (como são atualmente) o pessoal (como eu) compra games, se baixar a tendência é comprar mais ainda.

Eu mesmo gastei em torno de R$ 2.500,00 no início desse mês para comprar o seguinte:

PlayStation 3 – R$ 1.248,00
Guitar Hero World Tour (bundle ou kit banda completa) – R$ 949,00
Guitar Hero III Legends of Rock com a Guitarra Gibson Les Paul – R$ 379,00

Agora imagem isso com preços acessíveis, com certeza a venda seria muito maior. Ainda espero também uma melhor distribuição dos jogos pela PSN, permitindo também a compra pelo Brasil, sem necessidade de nenhuma gambiarra tipo Entropay da vida e um conta em diversos locais na PSN (coisa que atualmente é feita por diversos usuários do PS3), mas enfim, vamos esperar as coisas concretas para comentar mais sobre o assunto.

Abração!

Porque não temos grandes promoções de jogos no Brasil?

EddieMetalOlha pessoal, acho que desde o início de dezembro vejo nos meus RSS e notícias publicadas em grandes sites de jogos, sobre redução de preços não só em consoles, mas também nos jogos lá fora. Isso em tudo quanto é lugar, menos na América Latina e mais especificamente no Brasil. Não sei o que leva a isso realmente, se é os impostos (que pagamos demais) ou então o problema da pirataria (que é grande).

Mas enfim, o que adianta vir o pessoal da Activision-Blizzard ao Brasil falar o óbvio? Sendo que o kit oficial de Guitar Hero World Tour é na média R$ 1.500,00. Continue, Meio Bit, Gizmodo Brasil e G1.

Se não temos um forte investimento não só dos estúdios, mas também das fabricantes de console (Microsoft, Sony e Nintendo).

A Microsoft é única que realmente veio para o Brasil, mas com o preço do seu kit, parece palhaçada. A impressão que eu tenho (mero consumidor), é que o nosso país é que é o rico e desenvolvido, e não o deles. Sony e Nintendo são representadas aqui (então de nada adianta).

É um absurdo pagar R$ 1.700,00 em média nos consoles next-gen e jogos a R$ 299,00. Fala sério, como não vai incentivar a pirataria desse jeito?

Não incentivo ninguém a pirataria, mas com preços absurdos não tem como. Vejam esse exemplo clássico, acabei de ler uma matéria no Kotaku, onde ele falam de uma promoção do Best Buy (promoção que sempre fazem de início de ano).

Nessa listinha tem jogos que vão desde $9,99 até $39,99. Agora vamos comparar com lojas virtuais brasileiras. Usei o Buscapé, Shopping UOL e Terra Shopping, para fazer uma consulta em vários sites e vou colocar o mais barato da lista.

Ninja Gaiden II (Xbox 360)
Best Buy: $9,99 – Wal-Mart: R$ 159,00

Facebreaker (Xbox 360 e PS3)
Best Buy: $9,99 (Xbox 360 e PS3) – Wal-Mart: R$ 239,90 (Xbox 360 e PS3)

Condemned 2: Bloodshot (Xbox 360 e PS3)
Best Buy $9,99 (Xbox 360 e PS3) – CDRStation: R$ 220,95 (Xbox 360) e a Rocklaser: R$ 189,00 (PS3)

Guitar Hero III (Xbox 360)
Best Buy: $19,99 – Super Games: R$ 259,00

Guitar Hero Aerosmith (Xbox 360 e PS3)
Best Buy: $19,99 (Xbox 360 e PS3) – Wal-Mart: R$ 199,90 (Xbox 360) e a MisterBros Games: R$ 474,99 (PS3), pois não achei versão sem a guitarra.

Unreal Tournament 3 (Xbox 360)
Best Buy: $19,99 – Rocklaser: R$ 219,00

Rock Band 2 (Xbox 360)
Best Buy: $39,99 – CD Point: R$ 233,96

Saints Row 2 (Xbox 350 e PS3)
Best Buy: $39,99 (Xbox 360 e PS3) – CD Point: R$ 230,03 (Xbox 360 e PS3)

Fala sério né? Como vamos ter acesso a isso se não for com a pirataria? A única solução atual e jogar 1 jogo a cada 6 meses… Ahhh com certeza vou me manter atualizado assim. A única coisa que me resta e ficar jogando demos na LIVE e juntar dinheiro pra com
prar um novo HD pro console, comprar créditos pelo cartão internacional, e comprar os jogos tudo online mesmo. Mas nem todo mundo tem acesso a esses recursos, infelizmente.

Quando é que vão olhar para o mercado brasileiro de games? Pelo menos já sabem que a capital do Brasil não é Buenos Aires (ufaaa), agora tem que ensinar que também não é Rio de Janeiro ou São Paulo :-)

Abração galera!

Pra matar o tempo – Sites em Flash

Vagabundo de PlantãoHoje, dia 26/12, como não ganhei feriadão na empresa e o serviço aqui tá morto, bateu um baita sono. Acabei lembrando de alguns links divertidos e antigos, pra passar o tempo um pouco mais rápido, entre um bocejo e outro!

Aproveitando os sites em flash, com o objetivo de divulgar o Adobe Creative Suite 3, a agência Goodby, Silverstein & Partners criou o site Adobe Cards. Clique na carta e veja a animação.